Pesquisar
Close this search box.

Onda de calor e nossos pets: veja como aliviar a temperatura

Onda de calor e nossos pets: veja como aliviar a temperatura

Está em foco a onda de calor que se aproxima do Brasil e realmente alguns cuidados básicos se fazem necessários com nossos pets.

Vale lembrar que a insolação, se detectada com antecedência, tem 98% de chance de recuperação total do bicho, porém, em cães que demonstram sinais mais graves de insolação a chance de recuperação é de 50%, segundo o cirurgião veterinário Ben Simpson-Vernon

Então vamos ficar de olho e aliviar a temperatura de nossos amores?

Cães

Em primeiro lugar, lembremos que os cães são mais suscetíveis ao calor, e algumas raças mais ainda!

Como os cães dependem da respiração para perder calor e algumas raças têm focinhos curtos, como por exemplo os Pugs e Bulldogs, essa respiração não é tão efetiva na perda de calor, fazendo com que superaqueçam mais facilmente, ou seja, olhar redobrado neles. 

Em segundo lugar, evite passeios, mas se esse for necessário (por exemplo: colocar o bicho para urinar), aqui vai uma dica: para saber se o piso onde eles vão andar não está superaquecido, toque na superfície durante 7 segundos, se você aguentar confortavelmente a patinha do amigão não queimará. Fique atento pois a onda de calor e nossos pets não combinam, se possível não passeie.

Em terceiro lugar vão as frutas geladinhas ou no formato de picolé, elas são muito bem vindas! Pesquise quais são as frutas que podem ser dadas ao cãozinho.

Onda de calor e nossos pets: veja como aliviar a temperatura

Em quarto lugar, banho e tosa. Nada trará mais conforto ao seu peludo que um banho refrescante e se for o caso, uma boa tosa.

Em quinto e último lugar o bom senso. Vá ao local onde fica seu amigão e analise se o calor no ambiente está suportável e lembre-se que seu bicho é coberto de pelos. Vale tudo, toalha molhada no chão, ventiladores e água, muita água.

Os gatos são mais resistentes?

Embora os gatos tenham uma temperatura levemente mais alta que nós humanos e sejam descendentes de espécies do deserto, a regra do calor é a mesma: se você está com calor o seu gato também estará em temperaturas mais elevadas. 

Você notará que seu gato vai estar mais letárgico, se lambendo mais para esfriar o corpo e procurará cantos mais frescos de sua casa, às vezes se escondendo em fundos de jarros ou embaixo de móveis. Mas a melhor defesa contra o calor é se deitar em azulejos frios.

Lembre-se que por natureza os gatos bebem menos líquidos, então deixe água de fácil acesso e ofereça papinhas mais do que petiscos, pois elas contém líquido. E por fim escove o seu bichano para tirar o excesso de pelos mortos, pois  ajuda a refrescar.

Onda de calor e nossos pets: veja como aliviar a temperatura

Outros bichos

Vale lembrar que répteis são menos suscetíveis ao calor excessivo, mas se você cria um em viveiro não o deixe sob a luz solar direta. 

Para os pássaros, uma atitude legal é borrifar água ao redor deles e manter o local de banho sempre limpo e com água fresca.

Vale o cuidado também com aquários, monitore a temperatura da água com mais frequência.

Voce também pode gostar:

Este blog utiliza cookies para garantir uma melhor experiência. Se você continuar assumiremos que você está satisfeito com ele.